05 abril, 2008

Elevar os padrõezinhos???


Observo todos os dias em artigos, livros, séries de tv, amigos meus, vejo que os relacionamentos estão a sofrer grandes mudanças.
São cada vez mais exigentes e diferentes do que estavamos habituados. As pessoas não se contentam com o que têm, ou esperam que as imperfeições dos outros sejam menores que as nossas. Não aceitamos certos tipos de comportamentos, estamos mais intolerantes em relação ao outro. Queremos ou somos mais egoístas... gostamos mais de nós e detestamos que nos façam sofrer. Sim, estamos menos masoquístas, mas a que preço. As relações não duram nada e algumas são de consumo rápido como se de uma pastilha se tratasse, mastiga e deita fora, porque perde o sabor, neste caso, a chama do amor. Não me parece que estejamos a ir no bom caminho, não concordam comigo???
Nós sabemos melhor o que não queremos, do que o queremos, "what is wrong with this picture???".
O teu relacionamento vai mal???? Queres que ela ou ele mude alguma coisa??? Começa por ti...nós temos que mudar, para que os outros vejam "tudo de bom" que temos para lhes oferecer, se os dois estiverem interessados em resolver os vossos problemas, é muito importante a vontade, querer é poder. "This is call: TeamWork!!!!". Resolvam-se, pelo vosso bem-estar. Por favor - Não se tornem numa estatística.

Etiquetas: ,

7 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Não.

O problema maior é dos que sempre foram eles próprios, nunca mudaram por necessidade de agradar a outros porque estão bem como são e sentem-se bem como são.
Não tem de haver necessidade de mudarmos ou nos adaptarmos aos outros, cada um é como é, ponto final. O resto são farsas e jogos estúpidos que normalmente acabam mal.

Estes poucos, com os pés bem assentes no chão, têm dificuldade em encontrar alguém que perceba um fogo grande e rápido consome-se logo num instante e desaparece. Mas um bom fogo cresce sempre cada vez mais ao longo do tempo e, por isso, no início é sempre muito pequenino e é preciso alimentá-lo.

5 de abril de 2008 às 16:29  
Blogger impar said...

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha
I coríntios 13:4/8

6 de abril de 2008 às 17:05  
Anonymous Anónimo said...

Ui!UI!
Haverá tema mais complicado e ao mesmo tempo mais simples do que o Amor?
Pois,pois, mas regras e teorias é que não podemos mesmo ter.
Mudar,impossível! adaptar sim!
Mas o tempo passa e não conseguimos deixar de sofrer, de morrer de prazer, de ficarmos cegos com o amor , mesmo com 100 anos há-de ser assim- eheeh...
Enfim - no rules , no theories.
Mas que não há nada como o AMOR,essa é que é essa!!!
Alex

14 de abril de 2008 às 21:51  
Anonymous Zorbita said...

O único problema, é que nós humanos temos uma visão de eternidade, incompativel com a realidade da vida...nada é eterno, por muito que isso nos magoe, tal e qual é o amor, de folha caduca, por muito que seja alimentado...um dia perecerá.

17 de abril de 2008 às 13:10  
Blogger Akinol said...

See Please Here

18 de abril de 2008 às 10:36  
Anonymous Anónimo said...

he he he he he he... estes comentarios sao qualquer coisa..
todo mundo fala de Amor como se percebesse alguma coisa do assunto, ditam regras e leis que amanha.. por muito que lhes custe, serão os próprios a precisar de quebrar..

pelo que tenho percebido.. o amor.. É .

mas cada vez mais sinto e tenho consciencia de que pouco ou nada sei sobre o assunto..
vou aprendendo, ou antes, vou dando conta que não há regras... o que está bem para uns parece ser imperdoável para outros... e o mundo que se entenda..

nada como a inocencia genuina e um coração aberto para sabermos um pouco acerca do assunto..

mas no final.. que sei Eu disto.. estou Aqui e Agora vivendo no sentido de disfrutar do Amor .

:) beijinho
Pooh

4 de maio de 2008 às 01:05  
Blogger Valete said...

para isso só tenho uma frase de uma musica conhecida ...."Who dares to love forever".

Pois, começamos a pensar que é uma excentricidade ou ousadia...mas só dos mais puros e espirito pouco adulterado, se pode construir um pilar daqueles bem fortes.

1 de setembro de 2008 às 00:40  

Enviar um comentário

<< Home

  • Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

    Os meus quadros!



  • Frases sob Observação:

    O que o dinheiro faz por nós não compensa o que fazemos por ele
    Autor: Flaubert , Gustave

    O mal existe, mas nunca sem o bem, tal como a sombra existe, mas jamais sem luz
    Autor: Musset , Alfred de

    Com o tempo, é melhor uma verdade dolorosa do que uma mentira útil.

    Autor: Mann , Thomas

    Nunca interrompas o teu inimigo enquanto estiver a cometer um erro.

    Autor: Napoleão Bonaparte

    Powered by Blogger

      Subscribe in a reader to TheCoolHunter